Pesquisar neste blog:

Carregando...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A melhor parte do Oscar 2015


Pessoal!

Ajudem-me a ter uma destas:


Calma!
Meu casamento vai muito bem, obrigado, não tô querendo uma Emma Stone ou uma Felicity Jones, não, rsrsrsrs.
Eu tô falando da estatueta do Oscar feita de Lego.

Visitando este link da LEGO Ideas (https://ideas.lego.com/projects/96037) é possível apoiar o projeto: basta cadastrar e responder umas quatro perguntinhas. Se 10.000 pessoas apoiarem, a LEGO pode aprovar e torná-lo um produto comercial.

Eu quero meu Oscar da Lego, já que a Lego não teve o seu Oscar.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Noscardamus 2015


Com o sucesso do Oscar passado, este ano estou tão confiante (e provavelmente vou quebrar a cara) que estou em dúvida em apenas duas (importantes) categorias: Filme e Montagem.

Melhor Filme certamente está entre os "Bs", Birdman e Boyhood (apesar de que eu daria o prêmio para O Jogo da Imitação ou Whiplash). E Montagem, pelo histórico, o grande trabalho feito em Boyhood é favorito, mas minha preferência pessoal é pelo espetacular resultado de Whiplash.

Sem mais delongas, em negrito, meus palpites sobre quem serão os premiados com Oscar.

ATUALIZAÇÃO: os vencedores sublinhados.

FILME
Boyhood: Da Infância à Juventude
Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Sniper Americano
O Grande Hotel Budapeste
O Jogo da Imitação
A Teoria de Tudo
Selma: Uma Luta Pela Igualdade
Whiplash: Em Busca da Perfeição


ATRIZ
Felicity Jones, A Teoria de Tudo
Julianne Moore, Para Sempre Alice
Rosamund Pike, Garota Exemplar
Reese Witherspoon, Livre
Marion Cotillard, Dois Dias, Uma Noite

ATOR
Steve Carell, Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo
Bradley Cooper, Sniper Americano
Michael Keaton, Birdman
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo
Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação

ATRIZ COADJUVANTE
Patricia Arquette, Boyhood
Keira Knightley, O Jogo da Imitação
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Caminhos da Floresta
Laura Dern, de Livre

ATOR COADJUVANTE
Robert Duvall, O Juiz
Ethan Hawke, Boyhood
Edward Norton, Birdman
Mark Ruffalo, Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo
J.K. Simmons, Whiplash: Em Busca da Perfeição

DIRETOR
Alejandro González Iñárritu, Birdman
Richard Linklater, Boyhood
Wes Anderson, O Grande Hotel Budapeste
Bennett Miller, Foxcatcher
Morten Tyldum, O Jogo da Imitação

FILME ESTRANGEIRO
Ida (Polônia)
Leviatã (Rússia)
Tangerines (Estônia)
Timbuktu (Mauritânia)
Relatos Selvagens (Argentina)

ANIMAÇÃO
Operação Big Hero
Os Boxtrolls
Como Treinar o Seu Dragão 2
Song of the Sea
O Conto da Princesa Kaguya

ROTEIRO ORIGINAL
Birdman, Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris Jr.
Boyhood, Richard Linklater
Foxcatcher, E. Max Frye e Dan Futterman
O Grande Hotel Budapeste, Wes Anderson
O Abutre, Dan Gilroy


ROTEIRO ADAPTADO
Whiplash, Damien Chazelle
Sniper Americano, Jason Hall
A Teoria de Tudo, Anthony McCarten
O Jogo da Imitação, Graham Moore
Vício Inerente, Paul Thomas Anderson

CANÇÃO ORIGINAL
Glory (Selma)
Everything Is Awesome (Uma Aventura Lego)
Lost Stars (Mesmo Se Nada Der Certo)
I'm Not Gonna Miss You (Glen Campbell: I'll Be Me)
Grateful (Além das Luzes)

TRILHA SONORA
O Jogo da Imitação, Alexandre Desplat
A Teoria de Tudo, Johan Johanson
O Grande Hotel Budapeste, Alexandre Desplat
Interstellar, Hans Zimmer
Sr. Turner, Gary Yershon

FOTOGRAFIA
Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
O Grande Hotel Budapeste
Ida
Sr. Turner
Invencível


FIGURINO
O Grande Hotel Budapeste
Vício Inerente
Caminhos da Floresta
Malévola
Sr. Turner

MONTAGEM
Sniper Americano
Boyhood
O Grande Hotel Budapeste
O Jogo da Imitação
Whiplash

MAQUIAGEM E PENTEADO
Foxcatcher
O Grande Hotel Budapeste
Guardiões da Galáxia

DIREÇÃO DE ARTE
O Grande Hotel Budapeste
O Jogo da Imitação
Interestelar
Caminhos da Floresta
Sr. Turner

EFEITOS VISUAIS
Capitão América 2: O Soldado Invernal
Guardiões da Galáxia
Planeta dos Macacos: O Confronto
Interestelar
X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

MIXAGEM DE SOM
Sniper Americano
Birdman
Interestelar
Invencível
Whiplash



EDIÇÃO DE SOM
Sniper Americano
Birdman
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos
Interestelar
Invencível

Aguardemos os resultados.

ATUALIZAÇÃO: 15 acertos de 20. Exatamente como nos quatro anos que antecederam o ano passado, o primeiro (e provavelmente único) 100%. Filme estava difícil mesmo e Montagem venceu não o que eu votei, mas sim para o qual eu torcia. Trilha Sonora ganhou a mais legal, mesmo. Roteiro Original achei desnecessário, ao passo que Animação me alegrou bastante.


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Curtindo a Vida Carnavalesca Adoidado


Tudo indica que Belo Horizonte, se ainda não é, em breve será uma das referências nacionais pra quem curte carnaval. Esse ano bateu recorde de público, ao passo que algumas cidades do interior de Minas, antes procuradíssimas, viram o número de foliões cair drasticamente em relação aos anos anteriores.

Particularmente, já tenho saudade da BH antiga, onde era possível subir a Av. Afonso Pena na contra-mão em plena segunda-feira de carnaval sem incomodar ninguém. No entanto, desde o ano passado passei a abraçar a causa e sair pra ver parte do movimento. Principalmente os adequados para crianças.

Ontem, inclusive, a folia belorizontina me proporcionou um momento de fama. Reduzido de 15 minutos a 15 segundos, dividido em duas partes e sem o resultado prometido por Andy Warhol, mas tudo bem.

Estava eu caminhando com minha camisa "SAVE FERRIS" pela Praça da Liberdade, na concentração do bloco Baianas Ozadas, quando um grupo (quatro moças e um cara) me para:

- Com licença?
- Sim? (já olhando pra mão dela pra ver o que estariam querendo me vender)
- É que... eu sei que não tem nada a ver com a gente, mas... nós somos da família 'Ferri'. Achamos sua camisa legal e queríamos tirar uma foto com você.
- Ah tá... (todo sem graça)
- Se não tiver problema com você, claro.
- Não, não... Se minha esposa ali não reclamou, não tem problema. (rá. rá. rá)
- Hehe... Pois é, "save ferris" é como se você estivesse nos salvando do carnaval.
(ó pro cê vê...)
Eu estufo o peito, pra valorizar o porte físico, e faço minha melhor cara de galã. Foto batida, elas se reúnem em volta do carinha:
- Ah, obrigada! A camisa ficou ótima na foto!

Claro.
Também acho a camisa fotogênica.

Mais uns passos à frente, a equipe da Rede Globo preparando uma chamada ao vivo pro MGTV. Eles nos pedem pra parar, pois querem filmar as pessoas que estão em volta: inclusive meu filho, com a roupa do Superman, e eu.

Terminada a gravação, alguns amigos manifestam via SMS, confirmando que aparecemos na Globo. Mais tarde, resolvi começar a contar a eles a história da família Ferri:

- Então, vocês viram que eu estava usando uma camisa "SAVE FERRIS", né?
- Camisa??? Com seu filho lindão de Superman nem deu pra ver você direito, muito menos sua camisa!

Pois é, por isto nunca deixei a fama subir à cabeça.

ATUALIZAÇÃO - Para registro:

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Star Wars Suckz?


Todo mundo concorda que o primeiro Guerra Nas Estrelas é muito ruim, certo?

Certo, já que o primeiro na cronologia da história é o Episódio I: A Ameaça Fantasma, pois o primeiro a ser lançado, Episódio IV: Uma Nova Esperança é venerado de forma unânime.

Mas, não é bem assim... Vejam o que o crítico John Simon escreveu em 20 de Junho de 1977:

"We are treated to a galactic civil war, assorted heroes and villains, a princely maiden in distress, a splendid old man surviving from an extinct order of knights who possessed a mysterious power called "the Force," and it is all as exciting as last year's weather reports.
(...)
Here it is all trite characterization and paltry verbiage, (...) The one exception is Alec Guinness as the grand old man Ben Kenobi (Ben for the Hebrew ben, to make him sound Biblical and good; Kenobi probably from cannibis, i.e., hashish, for reasons you can probably guess.)
(...)
What you ultimately get is a set of giant baubles manipulated by an infant mind.
(...)
Still, Star Wars will do very nicely for those lucky enough to be children or unlucky enough never to have grown up."


A curiosa crítica completa publicada à época na New York Magazine pode ser lida aqui.

Imagina o que ele teria escrito se o Jar Jar Binks já tivesse aparecido então.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Quadros por segundo


A ilusão revelada.

Vídeo de 15 minutos essencial para quem tem curiosidade técnica dos porquês e comos dos processamentos de imagem nos filmes.

Dos primórdios ao polêmico HFR, High Frame Rate, de 48 quadros por segundo de O Hobbit.


Quem é de Exatas está proibido de desistir antes do video acabar. :)

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Não dá, não dá, não dá


Nada como a boa e velha falta de originalidade da publicidade brasileira...


Banda Trio, Alemanha, 1982:

Comercial de TV, Inglaterra, 1987:

Comercial de TV, EUA, 1997:

Comercial de TV, Áustria, 2008:

E... finalmente, comercial de TV, Brasil, 2014:


Todos cantando juntos: "Não pega bem..."

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Na jogatina


Pessoal, sem tempo para o blog.

Resfriado, cabeça doendo e jogando MoviePop! desesperadamente.

(https://www.moviepop.net/)