Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Deixando 2018... (pra valer)


(Agora, sim) Chegou aquele momento de fazer minha lista dos melhores do ano (considerando os que eu consegui ver, claro):

01. Um Lugar Silencioso


02. Jogador Nº 1

03.Os Incríveis 2

04. Primeiro Homem

05. Infiltrado na Klan

06. Três Estranhos Idênticos

07. Bohemian Rhapsody


08. Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas

09. Bumblebee

10. Han Solo: Uma História de Star Wars


Se fosse para considerar também os de 2017 que foram lançados aqui no Brasil somente em 2018, a lista ficaria assim:

01. Um Lugar Silencioso

02. Jogador Nº 1

03. Três Anúncios Para Um Crime


04. The Post: A Guerra Secreta

05.Os Incríveis 2

06. Viva - A Vida é Uma Festa

07. Primeiro Homem

08. Eu, Tonya

09. Infiltrado na Klan

10. Três Estranhos Idênticos


terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Primeiro o homem, depois o robô, por fim os homens



A proposta é até batida: "A façanha todos conhecem, agora vamos contar a história do homem por trás dela". E durante Primeiro Homem me peguei surpreso com o quão pouco (ou quase nada) eu sabia sobre a vida de Neil Armstrong, mesmo tendo passado a adolescência fascinado com viagens espaciais, NASA e ficção-científica. O filme faz um trabalho primoroso em humanizar uma figura definida somente pelo seu feito e acaba tendo a difícil missão de se sustentar em órbita de um protagonista imperfeito e muitas vezes nada simpático. Destaque para a bela trilha sonora de Justin Hurwitz e para os designs de produção e de som, que potencializam os riscos daquela corrida espacial que provavelmente atropelava pontos de segurança na pressão pela conquista da supremacia tecnológica.

Primeiro Homem (First Man), 2018





Em 2007, Michael Bay pegou um dos sonhos de qualquer criança dos anos 1980 e jogou no lixo. Transformou (vejam só) Transformers em um filme de ação genérico, um amontoado de explosões e efeitos visuais servindo a cenas confusas e desprovidas de emoção. E decidiu que o Autobot mais legal não seria um simpático Fusquinha, mas um Camaro. Só para ser cool (e inspirar uma dispensável canção sertaneja). E nada melhorou nas continuações dirigidas por ele mesmo. Passado o bastão para Travis Knight (experiente com stop-motion e em sua estréia em filmes de "carne-e-osso"), finalmente surge um filme dos Transformers com coração, sem afobação, com fusca e com tempo para se conhecer uma personagem feminina não objetificada. Boa parte do carisma de Bumblebee se deve à ambientação oitentista, com uma seleção nostálgica de canções para a trilha sonora. O pior do filme é fazer lembrar, nos minutos finais, que não se trata de um reboot nem de spin-off, mas de um prequel diretamente ligado aos filmes do Michael Bay.

Bumblebee (Bumblebee), 2018





Infiltrado na Klan é uma daquelas produções que reconta uma história real, que quase ninguém conhece e que, beirando o absurdo, todos achariam muito fantasiosa se fosse só uma obra de ficção. O filme aproveita de acontecimentos improváveis e brinca com a estética, trazendo humor para um cenário em que a tensão vai escalando a cada desdobramento da trama. O elenco está afiadíssimo, porém o cineasta Spike Lee escorrega um pouco ao pesar a mão nas referências e paralelismos com o cenário político atual dos E.U.A., culminando na exibição de imagens reais divulgadas nos noticiários em 2017, antes dos créditos finais.

Infiltrado na Klan (BlacKkKlansman), 2018




segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

2019 - O que vem por aí...

Então, a minha lista dos mais aguardados do ano...

01. Duas continuações:

Vidro (Glass)
Suspense - 18 de janeiro
Dir. : M. Night Shyamalan
Com Bruce Willis, Anya Taylor-Joy, James McAvoy, Samuel L. Jackson

Star Wars: Episódio IX (Star Wars: Episode IX)
Fantasia - 20 de dezembro
Dir.: J.J. Abrams
Com Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Kelly Marie Tran

02. Três continuações de animações:

Uma Aventura Lego 2 (The Lego Movie 2: The Second Part)
Aventura - 07 de fevereiro
Dir.: Mike Mitchell, Trisha Gum
Com vozes de Chris Pratt, Elizabeth Banks, Margot Robbie, Alison Brie

Shaun the Sheep Movie: Farmageddon (ainda sem título em português)
Comédia - 18 de outubro (Reino Unido)
Dir.: Will Becher, Richard Phelan


Toy Story 4 (idem)
Comédia - 20 de junho
Dir.: Josh Cooley
Com vozes de Tom Hanks, Tim Allen, Joan Cusack, Tony Hale, Keanu Reeves

03. Projeto ainda sem título sobre um músico descobre ser a única pessoa do planeta que se lembra dos Beatles
Musical/ fantasia - 28 de junho (Reino Unido)
Dir.: Danny Boyle
Com Himesh Patel, Lily James, Kate McKinnon, Ed Sheeran, Lamorne Morris

4. Três ficções-científicas

Gemini Man (Ainda sem título em português)
Ação - 04 de outubro
Dir.: Ang Lee
Com Will Smith, Clive Owen, Mary Elizabeth Winstead, Benedict Wong

Chaos Walking (Ainda sem título em português)
Aventura - 01 de março (EUA)
Dir.: Doug Liman
Com Tom Holland, Daisy Ridley, Mads Mikkelsen, David Oyelowo, Cynthia Erivo

Ad Astra (Ainda sem título em português)
Drama - 24 de maio (EUA)
Dir.: James Gray
Com Brad Pitt, Tommy Lee Jones, Ruth Negga, Donald Sutherland, Jamie Kennedy

5.  The Irishman (Ainda sem título em português)
Policial - Data indefinida
Dir.: Martin Scorsese
Com Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci, Harvey Keitel, Anna Paquin

6. Duas histórias de crime/ mistério

The Woman In The Window (Ainda sem título em português)
Drama - 04 de outubro (EUA)
Dir.: Joe Wright
Com Amy Adams, Julianne Moore, Gary Oldman, Brian Tyree Henry, Anthony Mackie

Knives Out (Ainda sem título em português)
Drama - 27 de novembro (EUA)
Dir.: Rian Johnson
Com Daniel Craig, Ana de Armas, Chris Evans, Michael Shannon, Jamie Lee Curtis

7. Turma da Mônica: Laços (nacional)
Aventura/Infantil - 27 de junho
Dir.: Daniel Rezende
Com Rodrigo Santoro, Ravel Cabral, Paulo Vilhena, Monica Iozzi

8. Men in Black International (Ainda sem título em português)
Ação - 14 de junho (EUA)
Dir.: F. Gary Gray
Com Chris Hemsworth, Tessa Thompson, Liam Neeson, Emma Thompson, Rebecca Ferguson


9. O Menino que Queria Ser Rei (The Kid Who Would Be King)
Aventura - 25 de janeiro (EUA)
Dir.: Joe Cornish
Com Louis Ashbourne Serkis, Dean Chaumoo, Tom Taylor, Patrick Stewart, Rebecca Ferguson

10. Três histórias de origem/ super-heróis

Shazam! (idem)
Aventura - 25 de abril
Dir.: David F. Sandberg
Com Zachary Levi, Mark Strong, Michelle Borth, Djimon Hounsou

Capitã Marvel (Captain Marvel)
Aventura - 07 de março
Dir.: Anna Fleck, Ryan Boden
Com Brie Larson, Samuel L. Jackson, Ben Mendelsohn, Jude Law, Annette Bening

Joker (Ainda sem título em português)
Drama - 04 de outubro (EUA)
Dir.: Todd Phillips
Com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Frances Conroy

domingo, 30 de dezembro de 2018

Deixando 2018...



PÁGINA NÃO ENCONTRADA!


Por motivos de falta de tempo, a tradicional lista dos meus filmes preferidos do ano vai ficar para o começo de janeiro.


sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

In the most delightful way...


Tem vários musicais que são clássicos e simplesmente demais.

James Corden também pensa assim e convidou em seu talk-show os astros de O Retorno de Mary Poppins, Emily Blunt e Lin-Manuel Miranda, para homenagear vinte e dois deles, ao vivo, duma vezada só:


Presentinho de Natal legal. Dava pra continuar assistindo pelo dobro do tempo...

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Quatro estranhos


Dois documentários provaram estar entre as boas pedidas do ano.


"Quando eu conto minha história às pessoas, elas não acreditam. Acho que eu também não acreditaria se alguém me contasse mas, eu te afirmo, é a mais pura verdade." É com este excelente pontapé que o documentário sensação do ano, Três Estranhos Idênticos, abre. E daí até o final o espectador é conduzido por uma série de emoções em um belo exemplo de que o ato de se contar bem uma história independe se a mesma é uma ficção elaborada ou uma história real. A produção não se limita a simplesmente expor um caso, mas aproveita para abordar algumas discussões interessantes. Quanto menos se souber sobre o filme, melhor a jornada.

Três Estranhos Idênticos (Three Identical Strangers), 2018






Ao contrário, de Três Estranhos Idênticos, provavelmente quanto mais se souber sobre Fred Rogers maior é a apreciação pelo outro documentário badalado no ano, Won't You Be My Neighbor? Embora o filme faça um bom trabalho em estabelecer e contextualizar Mr. Rogers, como era conhecido, e seu longevo programa infantil, que foi ao ar na TV americana de 1968 a 2001, a conexão emocional com o material não é tão fácil para o público nacional. É possível enxergar a relevância da produção, que toca em temas atualíssimos que fazem paralelos à gestão Trump, e entender porque o público americano tem se emocionado com a celebração de uma figura genuinamente boa e ingênua em tempos tão cínicos e cruéis.

Won't You Be My Neighbor? (Won't You Be My Neighbor?), 2018




domingo, 2 de dezembro de 2018

Dez!


Novembro passou voando e um marco passou batido!

Foi no final de um mês de Novembro, em 2008, que este blog começou. Ou seja, o Padecin fez dez anos de existência!


Com mais baixos que altos e apenas 535 postagens, mas... persistindo. Afinal, uma ideia é a coisa mais resiliente que existe (aprendi em A Origem).

Agradeço a todos os meus leitores estes anos e, principalmente, aos que ainda continuam aparecendo por aqui (vocês cinco sabem quem são, rsrs).

E vamos seguindo. Por mais quanto tempo, sabe-se lá.

Quem sabe? (aprendi em  O Blade Runner - O Caçador de Andróides)