Pesquisar neste blog:

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Aniversariantes do mês


Final de mês. É época de relembrar os ilustres aniversariantes de Maio.

Neste mês, em 1939, saía a revista em quadrinhos Detective Comics número 27, onde Bob Kane apresentava ao mundo aquele que, na minha opinião, seria o segundo melhor super-herói já criado (perde apenas para Superman): Batman.

Já em 1979, o diretor Ridley Scott lançava seu suspense de ficção-científica (que acabou fazendo jus ao marketing de "Tubarão no espaço" e rendendo muito sucesso), Alien: o 8o. Passageiro.


Batman, então, acaba de completar 70 anos e Alien chegou aos 30, ambos cercados por franquias de filmes, HQs, mitologias, momentos de baixa, sátiras, produtos diversos, fãs, polêmicas, livros, videogames, fotos indiscretas e tudo o mais que verdadeiros ícones da cultura pop merecem (ou acabam recebendo sem merecer). Já até se encontraram oficialmente (na série de HQs Batman x Aliens, de 1998 e 2003) e extra-oficialmente (neste bem feitíssimo curta-metragem feito por fãs).

Tem uma reportagem (indicada por um assíduo colaborador de sugestões para o blog, hehe) que analisa a veracidade de poder existir um Batman, sabidamente o mais "humano" dos heróis, no mundo real. Será que o Alien é o extra-terrestre mais plausível de existir também? (Pessoalmente, voto nos de Contatos Imediatos do Terceiro Grau, mas tomarei cuidado em próximas viagens interplanetárias: vai que esse negócio de signo ou nascer no mesmo mês tem influência?)

OBS.: Fiz questão de mencionar as sátiras, pois hoje em dia é impossível pensar em Batman e não lembrar da famosa redublagem de um episódio da série da década de 60, conhecido como "Batiman Feira da Fruta", "A Tia do Batiman" ou, simplesmente, "Batiman". Feito em VHS na década de 80 por amigos paulistanos, o vídeo, que traz Batman, Robin, Coringa e cia. dizendo palavrões e obscenidades de uma maneira bastante engraçada, ganhou popularidade quando caiu na rede nos anos 2000 e tornou-se um web-hit instantâneo. Da mesma forma, Alien ganhou uma sátira memorável quando John Hurt recria sua própria "cena do parto" do filme em Spaceballs - SOS Tem Um Louco Solto no Espaço. O toque de mestre de Mel Brooks é fazer seu Alien bebê sair de cartola dançando e cantando "Hello My Baby" tal qual o Michigan J. Frog no igualmente clássico desenho da Looney Tyunes.



2 comentários:

  1. Batman é do caraaaalho!
    Pena terem "pisado na janta" ao fazerem o Batman Forever e Batman & Robin.
    Deviam prender por isto o Joel Schumacher e as pessoas que deram ok nesta produção! (rs)
    Abraço.

    ResponderExcluir