Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 24 de junho de 2009

A multiplicação dos Oscars


Todo mundo já deve estar sabendo que a Academia anunciou que a partir do próximo Oscar, em 2010, serão dez os indicados a Melhor Filme, em vez dos habituais cinco. (E de quebra ter percebido que o título do post deveria ser a multiplicação "dos indicados", também para evitar um plural provavelmente inexistente na língua portuguesa, mas enfim...) Como toda mudança, isto tem seu lado bom e seu lado ruim.

O lado bom é que a categoria ficará mais democrática, evitando aqueles comentários, já recorrentes todos os anos, sobre a exclusão justamente nesta categoria de uma ou outra produção indicada em tantas outras.

O lado ruim, além da quebra da tradição, é que o novo formato pode ter sido motivado meramente por questões comerciais, para dar mais publicidade a mais filmes. O que pode ser um tiro pela culatra pois existem pessoas, como eu , por exemplo, que tentam assistir a pelo menos todos os indicados a Melhor Filme antes de saber os vencedores, mas agora podem perceber que isto não será mais possível. Se é que será possível assistir a todos em algum momento qualquer. (O tempo está muito curto)

E espero (torço desesperadamente, na verdade) que, com isto, a duração da cerimônia não seja aumentada também. Aí vai ser só Globo de Ouro pra mim...



Um comentário: